Site Meter

Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Alvo de Maia (Volume 2) nº 8

por desvela, em 24.03.13
Deixei atrasada a compilação dos textos antigos em formato PDF.
Fica aqui o Número 8 do Volume 2, relativo ao ano 2011, e que completa esse ano.
Ficam a faltar todos os números do Volume 1, que será de 2010, e depois o Volume 3 de 2012.
Irá demorar mais algum tempo...


Fica ainda aqui o registo para os números anteriores do Volume 2 (de 2011):

------------------------------------------------


Observação: Os mais atentos podem notar que está em exibição, na Fundação Calouste Gulbenkian, uma exposição sob o título

Houve alguma publicidade à exposição, inclusivé adquiri um livrinho com o mesmo nome, que era vendido baratinho com um jornal.
O logotipo da exposição é o mesmo globo de João de Lisboa, que uso como logotipo do blog há já mais de 3 anos. No livro em questão, o mapa de João de Lisboa serve apenas de capa, se o mencionam no interior é como ilustração.

Mais alguma coisa a dizer? Não, 360º é uma volta que regressa ao ponto de partida. 
Apresentam algumas peças que aqui explorámos, mas o máximo que conseguiram foi dizer que as peças existiam, e concluir, de forma "notável" que alguém as fez, e que como tal, haveria ciência em Espanha e Portugal, no Séc, XVI. É essa a grande novidade apresentada.
Poderia pensar-se que estou a brincar, ou que estão a brincar connosco... não creio!
O comissário Henrique Leitão, a coordenadora Francisca Moura, e a adjunta Teresa Nobre de Carvalho, cumprem de forma exemplar a função para a qual foram programados. Boa encadernação, qualidade gráfica irrepreensível, texto sem incorrecções gramaticais visíveis. Fizeram a volta de 360º, e regressaram ao ponto de onde nunca saíram. Falaram sobre a cartografia, sem se afastarem um grau do politicamente correcto. Só resta endereçar os parabéns, e desejar que não tenham ficado tontos com a rotação de 360º sobre o umbigo.

Não é nada que me surpreenda. Faz parte do "modus operandi" previsto - falar do assunto, para controlar o que se fala sobre o assunto, ao mesmo tempo dizendo que nada se esconde, nada se diz sobre o que está escondido. 
Estão previstos pela teoria, o meu problema é só saber se tais atitudes podem ou não ser enquadradas em elementos da espécie humana. Apenas isso.

Sobre o globo de João de Lisboa:
http://alvor-silves.blogspot.pt/2010/12/mapas-no-tratado-de-marinharia-1.html


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:23


Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Março 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D